Gerês no Outono

O outono é a minha estação preferida para fazer umas volta no monte. Desta vez a ideia era fazer cinco dias de travessia que acabamos por conseguir concluir em quatro com um longo ultimo dia de 35 kms.

Foram quatro dias sem ver um único montanheiro e com um tempo perfeito. No final foram 106 kms e 8000 metros de desnível acumulado.


Autumn is my favorite season to ride in the mountains. This time the idea was to do five days of crossing, that ended up able to complete in four with a long last day of 35 kms.

There were four days without seeing a single mountaineer and a perfect weather. In the end we did 106 km and 8000 meters of accumulated ascents and descents.

geres_04

geres_05

ainda muitas uvas nas videiras

geres_10

geres_11

geres_14

excelente caminho com montes de sombra

geres_16

geres_21

geres_28

geres_30

geres_32

continua a degradação do edifício da porta da Paradela

geres_37

geres_56

geres_59

geres_63

nova forma de marcar os percursos?

geres_67

geres_74

montes de amoras… 

geres_75

geres_79

uma perigosa cobra…

geres_80

… ou talvez não

geres_84

geres_90

aqui o céu é sempre fantástico 

geres_92

geres_96

geres_102

com este tempo parece que estamos na primavera

geres_108

geres_111

este caminho parece que vai fechar…

geres_112

geres_122

não foi só em Portugal que ardeu bem este verão

geres_123

geres_126

geres_134

geres_135

excelente varanda

geres_145

geres_152

geres_166

o inicio de outro dia

geres_169

geres_173

geres_178

um corço que nos passou à frente

geres_191

o bom tempo continua

geres_193

geres_194

geres_197

geres_204

geres_207

no cume mais alto do Gerês

geres_208

geres_210

geres_223

geres_239

o terceiro dia acaba mais cedo para aproveitar o sol e descanso

geres_247

geres_267

geres_268

final de tarde fantástico!

geres_273

geres_289

geres_294

geres_297

geres_302

o inicio do quarto dia parecia ameaçar uma mudança

geres_304

geres_306

geres_318

geres_326

geres_327

mas afinal as coisas melhoram e o sol aparece

geres_340

geres_345

geres_349

é impossível perdermo-nos com estas mariolas

geres_355

como este verão tem sido seco encontrar agua não foi sempre fácil. ainda bem que o filtro anda connosco.

geres_363

geres_367

um louva-deus escondido

geres_369

desta vez foram cabras selvagens a passar-nos à frente

geres_375

geres_379

as nuvens parece que querem regressar

geres_380

geres_382

geres_387

geres_394

lá para cima as coisas não querem limpar

geres_401

geres_402

mais uma cobra mas desta vez não era pequenina e ficou à defesa mal nos chegamos perto

geres_411

geres_412

últimos quilómetros já foram no escuro

geres_416

e já está!

geres_419

geres_420

o resumo de de quatro dias